• emfmkt

Veja se vale a pena antecipar o décimo terceiro salário para as férias

Em qualquer momento do ano, sua empresa pode oferecer a possibilidade de adiantar a primeira parcela do décimo terceiro salário, que normalmente é depositada só em 30 de novembro

Por Júlia Lewgoy, Valor Investe — São Paulo

15/11/2019 05h15 Atualizado há um dia


Vai sair de férias? Em qualquer momento do ano, sua empresa pode oferecer a possibilidade de adiantar a primeira parcela do décimo terceiro salário, que normalmente é depositada só em 30 de novembro. O adiantamento pode ser feito de fevereiro a novembro.

E aí, é uma boa antecipar ou é melhor receber o dinheiro só no fim do ano, quando há gastos com presentes de Natal, material escolar e IPVA? Na maioria dos casos, vale sim a pena colocar a mão nesse dinheiro o quanto antes.

Quem tem dívidas deve aceitar o adiantamento da primeira parcela do 13º salário para quitá-las. Quanto antes de livrar dos juros altos, como os do rotativo do cartão de crédito e do cheque especial, melhor.

Já quem está com o orçamento financeiro saudável deve fazer um exercício sincero de autoconhecimento e se perguntar se tem autocontrole. Se a resposta for não e você souber que vai torrar o dinheiro logo sem planejamento algum, recusar a antecipação é uma forma de deixar o dinheiro "preso" e fazer uma poupança forçada para gastar na hora certa.


"Para antecipar o dinheiro do 13º, é preciso ter muita clareza do que você vai fazer com ele. Muita gente pede o adiantamento e depois no final do ano não tem dinheiro disponível para as festas e os gastos típicos de início de ano", alerta Ione Amorim, economista do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor.

Já se a resposta for sim e você tiver algum autocontrole, vale a pena pegar o dinheiro o quanto antes e investir em uma aplicação financeira para ter algum rendimento. Quanto mais cedo você tiver acesso ao seu 13º salário, mais tempo ele poderá render. E aí é importante definir seu objetivo para escolher o melhor investimento.

Se você pretende guardar o dinheiro para cobrir as despesas de fim de ano, para formar uma reserva de emergência ou para realizar qualquer objetivo de curto prazo, é melhor escolher uma aplicação de renda fixa mais conservadora, que permita resgatar o dinheiro a qualquer momento sem correr risco de perdas. Pode ser um Tesouro Selic, um fundo DI sem taxa de administração ou um CDB com rendimento próximo de 100% do CDI (uma taxa quase igual à Selic, referência para os juros da economia).

Mas você também pode usar o 13º salário para reforçar a sua estratégia de investimento de médio a longo prazo, para comprar um bem de valor mais alto ou se aposentar, por exemplo. Em tempos de taxas de juros baixas, o dinheiro extra pode servir para experimentar a renda variável, em produtos como fundos imobiliários, ETFs ou fundos de ações, desde que você conheça os riscos que estará correndo.

Vale ressaltar que a primeira parcela do 13º é de valor maior que a segunda, porque ela não possui nenhum desconto de Imposto de Renda e INSS. Ela pode ser calculada pela metade do seu último salário bruto recebido. Se durante o ano a empresa oferecer algum aumento, o salário considerado para o cálculo deve ser o último, o maior.

E não se preocupe: se você receber um aumento de salário depois que receber a primeira parcela, todo o reajuste virá na segunda parcela, paga até 20 de dezembro. Ou seja, não há risco de perder dinheiro se você escolheu antecipar a primeira parcela.


E antecipar o 13º salário no banco?

Os trabalhadores com carteira assinada também podem antecipar o 13º salário nos bancos, mas vale destacar que, diferente das empresas, essa antecipação é um empréstimo. O crédito é oferecido aos correntistas que recebem salário na instituição e é quitado quando o funcionário recebe o 13º.

Como qualquer outro, esse empréstimo cobra juros e, por isso, deve ser evitado na maioria dos casos, segundo os especialistas em educação financeira.

"Só vale a pena antecipar o 13º salário no banco se for para quitar dívidas com juros mais altos", diz Michael Viriato, coordenador do laboratório de finanças do Insper. Mas cuidado: se não conseguir quitar toda a dívida com esse dinheiro, é melhor tentar renegociá-la em vez de tomar mais um crédito para quitá-la parcialmente.

Siga o Valor Investe no Facebook.


Fonte: Valor Investe

0 visualização

Endereço:

Wall Street Empresarial, Av. Luís Viana, 6462, SALA  1216, Torre Weast - Patamares, Salvador - BA, 41680-400

Redes Sociais:

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Telefones / Whatsapp:

Desenvolvido e gerenciado por: